With the lights out, it´s less dangerous?????

Publicado: 22/09/2006 em Uncategorized
Nana, neném, que o Kurt vem pegar…

É mês de aniversário de 15 anos de “Nevermind”, indiscutivelmente um marco para roqueiros, patricinhas que seguem modas, vendedores de camisa de flanela e para a volta da moda do All Star no Brasil. Brincadeiras à parte, não dá pra passar sem ele. Ouso dizer que, sem Nirvana, não haveria anos 90 e, provavelmente, os anos 2000 não estariam preparados para catalisar a explosão do rock e da música que vivemos hoje (mesmo que o boom atual seja bastante inspirado nos anos 80). Esse blog, por exemplo, provavelmente não existiria.
E antes que os jornais de domingo entupam os olhos, ouvidos e mentes de todo mundo com o assunto, vamos a algumas notinhas de poucos acordes e muita emoção:
* Comprar material do Nirvana ao vivo costuma ser uma roubada, e olha que tenho experiência no assunto: sou da época em que um CD pirata custava geralmente mais caro que o normal e era disputado a tapas – isso quando não vinha em forma das saudosas “fitinhas”. E adquiri muita tranqueira desse tipo de Kurt & Cia nos anos 90. Mas o vídeo “Live! Tonight! Sould Out!”, que sai agora em DVD, talvez valha pelo registro visual da
catarse que Cobain era capaz de comandar mesmo vivendo em um mundo pararelo. Quem conseguir desgrudar os olhos da maestria com que ele destrói equipamentos ou foge dos olhares da platéia ganha um bolinho.

* Pra compensar a barulheira, você pode comprar também o álbum “Rockabye Baby! – Lullaby Renditions of Nirvana”, para seu filhote recém-nascido. Sim, é um álbum de canções de ninar feito com as bizarrices musicais criadas da mente insana de Kurt. O selo Baby Rock Records é famoso pela empreitada de transformar músicas de rock de bandas como Metallica em “lullabies” e agora é a vez do Nirvana. O CD tem lançamento previsto para 31 de outubro (olha que fofo, Dia das Bruxas!). O melhor é a descrição do produto: “de muitas formas, esse álbum ecoa os prazeres simples da inocência da infância. Trá-lá-lás infantis temperam as distorções das canções do Nirvana”. Então tá, né…

comentários
  1. Giul Martins disse:

    Pode preparar o meu bolinho, eu quero de chocolate!!! rs.

  2. Karina Bueno disse:

    “Mas… quem é esse TAL de Kurt Cobain?”hahahahaha… Agora eu já sei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s