Me vê um quilo de alegria.

Publicado: 14/01/2008 em Uncategorized

Hoje em dia virou meio que lugar comum falar do barulho que as bandas, independentes ou não, fazem com o uso da internet, da facilidade de chegar a um público que curta o seu som, mesmo que virtualmente, etc e tal. Hoje eu aproveito o anúncio de um show muito bacana pra retomar um exemplo de banda pop que, literalmente, vai onde o povo está: a Homem do Brasil.

Quem acompanha esse espaço deve se lembrar da minha descrição de um show dos caras, há um tempão, na avenida Paulista, com madames, poodles, crianças e a família brasileira como um todo entoando os refrões deliciosamente pops dos caras. Pois bem. A HDB lançou seu quarto álbum pela Universal Music ainda no ano passado, produção de Rik Bonadio e tudo. E o que eles fizeram? Não, você não perdeu o Faustão em que eles apareceram. Ao invés de esperarem sentadinhos a vez de usufruir dessa estrutura básica que uma major, na teoria, deveria oferecer, os caras criaram um espaço com o nome da banda em São Paulo onde, além de mandarem seu próprio som, recebem cursos, palestras, performances e fazem no mínimo uma festa mensal reunindo um público que transita pelo universo da banda. A Homem do Brasil agregou assim uma gama de fãs, músicos, artistas e de pessoas interessadas na música e na filosofia que rege o grupo.

Outra coisa: se você quiser ver os caras ao vivo, fique de olho na agenda. Não é difícil encontrá-los em redutos onde há vida genuinamente humana, tipo Praça da República, Liberdade, avenida Paulista. É nesses lugares, pegando a gente de surpresa enquanto passa pela rua e pelo dia, que a HDB exibe seu caráter mais pop: o de agregar as pessoas em uma só voz, cantando músicas de que elas nem sabiam que gostavam tanto.

Mas eu vim aqui na verdade pra falar do show em comemoração aos 10 anos da HDB, que rola no próximo dia 09 de fevereiro no Centro Cultural São Paulo. A celebração vale especialmente pra quem curte filosofias à la Maharishi: na ocasião, a banda vai lançar seu quinto cd, só com mantras indianos, intitulado “Portal 11:11”. Paz na terra e vida longa às bandas de boa vontade, já diria alguém com bom senso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s