Foi bom pra você?

Publicado: 28/04/2008 em Uncategorized

O Sobe e Desce da Virada:

Sobe

** Os palcos Festivais Independentes e Canja. O primeiro trouxe uma verdadeira degustação de bandas bacanas do Brasil afora (como Vanguart, sempre bom) e outras nem tanto (Luísa Mandou um Beijo é altamente passável). No Canja, era possível ver muuuita gente bacana fazendo som junta, como o antológico show de Wander Wildner e Inocentes e canjas malucas como Andréas Kisser e Alberto Marsicano, o tal sitarista discípulo de Ravi Shankar (o doido que ensinou George Harisson a tocar sitar).

** Aliás, sobe geral para o fato de que havia muito mais palcos e deu pra curtir numa boa os eventos. Quem curtisse rock tinha pelo menos 3 opções: o Rock República, o Independentes e o Canja.

** O isolamento das laterais dos palcos. Quem chegasse por trás de um palco tinha de dar a volta no quarteirão para chegar. No ano passado, quase fui esmagada tentando passar pelas laterais, que se tornavam becos inundados de gente.

** A iluminação indireta nos monumentos que fez do centro paulistano uma coisa emocionante de linda à noite.

Desce

** A fila para ver Egberto Gismonti no Municipal. Magoei.

** Os poucos banheiros químicos que se tornaram uma coisa impossível já nas primeiras horas.

**Essa blogueira aqui, que não consegui cumprir nenhum dos seus objetivos (aliás, não sei de onde tirei que os vampiros iam rolar no Cine Marrocos, foi na sala Olido mesmo e eu perdi as sessões devidamente cervejada curtindo um blues no palco Canja).

Agora, conta pra mim: como foi a sua Virada?

comentários
  1. Veio disse:

    O Metro Area ali na r. das quitandas foi lindo… e realmente… a arquitetura do local foi bem foda… parecia tudo, menos Brasil…A virada cine-gastronômica rendeu um jantar, um filme e um café da manhã… com vinho e cerveja open-bar…

  2. lúcio disse:

    Minha virada foi massa e quebradora (relatório completo na Muminha…) – com Mutantes (fodaço), Cachorro (róque do bão!), Orquestra Imperial (groovy!), Paul Dianno (nostalgia do headbanging!) e mais uns trecos. Só me arrependi de não ter colado lá no Palco Independente, onde parece q rolou umas ciosas legais…Ah, e desencanei do filme do Godard, que é um cara que eu já acho bem mala, depois da sua contra-recomendação. Sou mais o Scorcese! =)E gatão na foto o Wander Wildner! Ele ao vivo é tão biito qto no retrato? 😛Longa vida à Liga!

  3. Di Giacomo disse:

    Gismonti nem tocou,estava doente. No final foi só o Naná…

  4. Alan de Faria disse:

    Césaria Évora (na frente do palco), Vanguart (na frente do palco), Marina de la Riva (na frente do palco), Zé Ramalho (longe do aperto, mas não na frente do palco)… e muitas andanças para captar o clima para a matéria que foi publicada na segunda.beijosse cuida!

  5. felipe disse:

    São Paulo deveria ter 4 miniviradas ao longo do ano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s