Arquivo de maio, 2008

Na grama do vizinho

Publicado: 26/05/2008 em Uncategorized

Credencial Tosca pede desculpas pela ausência e avisa: esta blogueira esteve levemente ocupada destrinchando a história da sensacional banda Violins para o blog Depredando o Orelhão (http://www.depredando.blogspot.com/), no qual fui honrosamente convidada a contribuir. Cola lá!

Guarânias subversivas

Publicado: 17/05/2008 em Uncategorized

(chupa, Los Hermanos!)

Ser punk não é exatamente uma escolha; na maioria das vezes, é uma condição. Daí é possível entender a alegria de Wander Wildner no lançamento de seu mais novo álbum, La Canción Inesperada, na última quinta no Sesc Pompéia. Ele, que transcendeu a botinada dos Replicantes quando se lançou em carreira solo e produziu o que chamou de punk brega, dá nova roupagem latina e festiva ao subversivo.

É fácil explicar o sorriso de Mr. Wildner – um pouco de Wando, um pouco de wild, segundo o próprio – porque só ele é capaz de continuar fazendo músicas absolutamente simples do ponto de vista técnico, que não se afastam em nada de suas raízes de três acordes, e sem precisar reinventar sua condição, vomitar criatividade no público. A prova está nesse vídeo, que traz uma de suas maiores pérolas, “Eu Não Consigo Ser Alegre o Tempo Inteiro”, em versão marchinha de Carnaval, com direito a um pseudo-naipe de metais.

E quando um amigo punk leva ao palco do Sesc Pompéia um naipe de metais, acredite, é bom prestar atenção.

Sua nova roupagem cancioneira não se afasta muito do ícone punk brega, já bem fincado no inconsciente dos fãs ardorosos. O mais interessante, no entanto, é que mais que se reinventar, Wander se autoreferencia, se assume, se escancara em boas novas músicas. Algo que Sérgio Dias, por exemplo, poderia estar fazendo com muito mais recursos técnicos e materiais.

Acompanhado de seus “comancheiros”, explica que não vai consertar os dentes; aconselha que não congelem sua imagem, e escracha a via boêmia da sarjeta ao pedir que a garota lhe dê um bom motivo para não cheirar cola nessa noite. E aproveita a oportunidade para doar aos fãs as velhas canções em versões sensacionais. Entre a escolha e a condição, Wander decidiu ser feliz, como um pierrô bem-aventurado.

pS – set list e backings devidamente roubados da baterista 🙂

Hábitos das espécies

Publicado: 13/05/2008 em Uncategorized


Ok, eu viciei nisso. É muito legal!!!!!

Vamos lá, Neil Young virou uma espécie de aranha, o que eu achei de muito mau gosto. Mas se você pudesse nomear alguma espécie de animal com o nome de uma banda ou artista, que bicho seria?

Eu nomearia um elefante de John Bonham (monstruoso e sem noção) e daria o nome do Dave Ghrol a uma raça de cachorro bem bacana.

E não é que é divertido?

Essa é bem light, pra relaxar no fim de semana. Você já fez a sua?

…Amy Winehouse bateu recorde de vendas do site Amazon de todos os tempos e desbancou o álbum “X&Y” do Coldplay do trono com seu “Back to Black”;

…Os alcoólatras Rock Rocket disponibilizaram seu segundo álbum, que leva o nome da banda, no http://br.myspace.com/rockrocketbr;

…O Funk Como Le Gusta (foto) volta a Sampa com temporada no Coppola a partir de 05 de junho.